quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Curtinhas

Naquela tarde, a pulsão de morte se manifestou nele como nunca. Havia sentido o perfume dela em outra mulher. Quis morrer. Ou matar.

***

Ele só tinha 140 caracteres para dizer tudo o que sentia naquele momento. Preferiu encontrá-la e beijá-la 140 vezes.

3 comentários:

Juliana Marton disse...

poxa, Carlos. que bonito. *:

Ana Paula disse...

Nossa, fazia tempo que eu não entrava aqui. Gostei! Principalmente, dessa segunda 'sacada' dos 140 caracteres.

Saudade de você.
Beijo!

Lana R. Costa disse...

Gostei. O mundo é dos apaixonados. E... "pra nós todo amor do mundo". Beijo Carlitos :*